Conexão sustentável

Projeto itinerante orienta crianças e jovens sobre biodiversidade

Patrocinado pela Alcoa, evento leva informações importantes para comunidades da Amazônia e do País com sessões de cinema e teatro

A importância de proteger a biodiversidade é a mensagem chave da quinta edição do Conexão Sustentável Alcoa, projeto cultural itinerante que em 2019 será dividido em duas etapas e terá cinco meses de atividades. O Palco Móvel ocorre de agosto a setembro, com apresentações teatrais, oficinas de reciclagem e sessões de cinema. Já o Sala Brasil começa em outubro e segue até dezembro, com teatro e cinema. Os participantes, na maioria crianças e adolescentes, também vão receber uma cartilha educativa sobre o tema ao final de todas atividades. 

O Palco Móvel, estrutura com palco e arena capaz de receber até 250 pessoas sentadas, permanece em Juruti, entre 17 e 20 de setembro. As apresentações teatrais ficam por conta de duas companhias. Anteriormente, a iniciativa passou por Minas Gerais, São Paulo e Maranhão.

 

O Circo Fool apresenta o espetáculo “O Menino Passarinho e a Estrela Encantada”, que conta a jornada de um garoto e de seu boizinho através de rios e igarapés até encontrar, na floresta Amazônica, seres encantados do imaginário caboclo que vão lhe apresentar ideias ecológicas em defesa das águas, do ar e das florestas.  

Já a companhia Casa do Bispo Atelier apresenta “A Hora é Agora”. No espetáculo, dois amigos decidem unir forças para construir uma máquina fantástica que ajudaria as pessoas a preservar a biodiversidade. Os personagens - Inventiva e Sabe Tudo - passam por divertidas e emocionantes aventuras e contam com a ajuda da plateia para que tudo dê certo no final. 

A segunda etapa do projeto começa em outubro com a Sala Brasil. Itinerante, com capacidade para 30 pessoas e espaço para cadeirantes, a sala é climatizada e tem estrutura de som e luz para receber sessões de cinema e apresentações do espetáculo “Quiz Intergalático”. Criado pela companhia Trip Teatro, a montagem inédita traz dois palhaços-cientistas, Marga e Tutúlio, que querem ganhar uma viagem ao espaço. Para isso, terão que entender como funciona nosso planeta e quanto nossas atitudes impactam no meio ambiente e também no nosso entorno. A primeira parada será em Poços de Caldas (MG). Depois´, a viagem segue por Divinolândia (MG), São Luís (MA), Santarém (PA), Juruti (PA) e Óbidos (PA). 

“Com o Projeto Conexão Sustentável, buscamos nos conectar com as comunidades locais. Demonstramos que conceitos de sustentabilidade e inovação andam juntos, gerando valor”, diz a diretora de Relações Governamentais e Comunicação da Alcoa, Michelle Sayo.  

 “O Conexão Sustentável é uma oportunidade única. Com ele podemos percorrer milhares de quilômetros pelo País, em estradas e até rios, para levar teatro e cinema a públicos que têm poucas oportunidades de acesso a bens culturais”, diz Jefferson Bevilacqua, da Magma Cultura. “Esse torna-se um trabalho importante de criação de plateias e disseminação da cultura”. 

Realizado pelo Ministério da Cidadania e Magma Cultura, o Conexão Sustentável Alcoa tem patrocínio da Alcoa e apoio das prefeituras municipais. 

 Sobre a Alcoa

Líder mundial em produtos de bauxita, alumina e alumínio, a Alcoa foi construída sobre uma base de valores sólidos e excelência operacional, operando com inovação desde a revolucionária descoberta que fez do alumínio uma parte vital e acessível da vida moderna, há 130 anos.

No Brasil, a Alcoa possui três unidades produtivas, em Poços de Caldas (MG), São Luís (MA) e Juruti (PA), escritórios em São Paulo (SP), Poços de Caldas (MG) e Brasília (DF), além de participação acionária na Mineração Rio do Norte (MRN) e em quatro usinas hidrelétricas: Machadinho, Barra Grande, Serra do Facão e Estreito. Saiba mais sobre a Alcoa acessando www.alcoa.com.br.

Programação 

Palco Móvel

17 a 20/09 – Juruti (PA) - Tribódromo

Sala Brasil

14 a 18/10 – Poços de Caldas (MG) 

21 a 25/10 – Divinolândia (SP) 

29/10 a 2/11 – São Luís (MA)

6 a 9/11 – Santarém (PA)

11 a 29/11 – Juruti (PA) 

2 a 6/12 – Óbidos (PA)

 

Comentários